Usamos cookies para melhorar o serviço. Se desejar pode desativar os cookies. Mais informação.

Tipos de prótese dentária a evitar

A prótese perfeita para uma pessoa pode não ser para outra. No entanto existem regras gerais a seguir, para não se acabar com algo de má qualidade e até prejudicial.

Coroa dentária ou pivot de acrílico

Este tipo de coroa feita em resina acrílica, usa-se sómente enquanto se aguarda pelo trabalho a sério, em cerâmica ou metal e cerâmica. Este período não deve ultrapassar 15 dias, que é o tempo mais que necessário a ter a coroa definitiva pronta.

Por mais bem feita que seja, a coroa provisória não tem qualidade. Não se deixe tentar pelo preço nem se engane. Ela não foi feita para durar, não tem a perfeição, dureza, estabilidade de côr e biocompatibilidade da verdadeira coroa dentária fixa.

Prótese removível unilateral com 1 dente e grampos

Também conhecida por ponte com grampo ou ponte móvel dentária, é um tipo de prótese extremamente perigosa de usar. Devido ao seu tamanho reduzido, pode fácilmente ser engolida ou ficar alojada na traqueia. Parece tentador um dente postiço numa prótese de acrílico que se limita a apenas um dos lados da boca.

Realmente fica só no parece, porque tem tudo de errado. A prótese removível tem que ser sempre bilateral, deve estender-se ao outro lado da arcada para lhe dar dimensão, estabilidade e retenção. Se quer ver imagens pesquise o termo nesbit que é o termo porque são conhecidas na América.

Prótese removível sem suporte oclusal (apoios no topo dos dentes)

Todos as próteses removíveis de acrílico e/ou silicone são próteses que ficam em cima da gengiva, sem qualquer tipo de apoio em dentes existentes, de cada lado do espaço desdentado. Esse fato acelera a perda óssea e consequente degradação das condições bucais. Diminui a longevidade dos dentes que ainda restam, dificultando ou comprometendo a possibilidade futura de restaurações protéticas de qualidade.

O uso deste tipo de dentadura só se justifica temporáriamente, enquanto a pessoa aguarda a concretização de um trabalho de verdadeira qualidade.
Infelizmente a condição econômica de muitas pessoas tem levado ao uso indiscriminado e por tempo indefinido deste tipo de prótese provisional.
Os aspetos negativos referidos são ainda maiores nas próteses flexíveis. A caraterística que as torna sedutoras, a elasticidade, é a mesma que contribui para ainda maiores estragos no osso alveolar, do que a mais rígida, prótese em acrílico.

Prótese dentária sem o céu da boca

A conhecida dentadura removível de cima consegue a fixação de diversos modos, entre os quais o vácuo formado entre a dentadura e o palato. É sempre necessário cobrir o céu da boca para conseguir esse efeito.

Por vezes é criada uma zona no meio do palato sem contato com o mesmo, com a forma de coração ou outra, cuja intenção é aumentar o tal vácuo. É errado, desnecessário e perigoso porque potencia a deformação do céu da boca e o surgimento de tumores. O procedimento correto é a selagem no fim da prótese, na zona das Fovea Palatini. Um ligeiro sulco é suficiente para obter uma selagem perfeita.

Gostaria de usar dentadura sem palato? -» Prótese sobre implante